Na busca incessante em sair do Brasil – Nova Zelândia

Calma! Não desistimos do Canadá. queenstown_shutterstock_85992103Mas por pouco não fomos parar na terra dos Hobbit’s.

No dia 02/setembro/2015 o governo da Nova Zelândia lançou as inscrições para o Working Holiday Visa deles – Era um jogo de loteria e, pra quem não sabe, vou explicar rapidinho aqui embaixo:

 

O Brasil e a Nova Zelândia tem um acordo e, anualmente, a terra do Senhor dos Anéis lança em uma data e um horário específico, o formulário de inscrição on line para brasileiros(até os 30 anos) se candidatarem a 300 vistos.

Este visto vale por um ano e você pode trabalhar, “turistar” e até estudar (por 6 meses) em qualquer lugar da Nova Zelândia!

Detalhe: sem comprovação de proficiência em inglês, sem comprovação de profissão e apenas R$10.000 no bolso (NZ$4,200).

Saiba mais aqui: http://www.immigration.govt.nz/migrant/stream/work/workingholiday/brazilwhs.htm

 

Lá estava eu às 19 horas do dia 02/09 (quarta-feira), ligada na internet e logada no site da imigração Neozelandesa.

Acontece que tudo parou. Internet travada. Site congestionado. Ninguém conseguia se candidatar! Depois de 1 hora tentando pelo celular, desktop, tablet, com Chrome, I.E. e Mozilla leio o primeiro post de uma sortuda num grupo do Facebook voltado para este grupo desesperado para sair do Brasil. Ao decorrer dos outros 30 minutos apareceram mais umas 30 pessoas afirmando que conseguiram fazer e pagar a taxa do visto.

A esperança nunca morre mas, a minha morreu depois do anuncio de que as vagas estavam esgotadas. 😦

Me bateu todo o tipo de sentimento ruim na hora: raiva, depressão, ódio, decepção…
Tentei entrar na madrugada, no outro dia, depois de 2 dias e não tinha mais jeito mesmo.

Perdemos a chance de passarmos um ano na Nova Zelândia aprimorando o inglês e trabalhando pra juntar a grana da Imigração Canadense, em dólares. – Agnes não tem passaporte ainda e por isso não conseguiria se candidatar, já tínhamos planejado que ela iria com visto de estudante e em setembro/2016 tentávamos o WHV para ela tbm – seria um passo para ela aprender o ingles também.

 

Vão-se os anéis e ficam-se os dedos pessoal. A esperança nunca morre, e continuamos estudando bastante para entrarmos no Express Entry o quanto antes!

Boa sorte e boa noite. 🙂

Anúncios

2 comentários em “Na busca incessante em sair do Brasil – Nova Zelândia

Adicione o seu

    1. Sim. Já pesquisamos todo o tipo de processo de imigração para o Canada.
      Só to esperando me inscrever no EE. Pretendemos em Janeiro/Fevereiro, depende do meu IELTS. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: