Governo canadense anuncia novo programa de imigração para a Costa Atlântica do país

O Governo Federal juntamente com os quatro premiers da costa Atlântica do Canadá – FotorCreated(Premier de Prince Edward Island), Wade MacLauchlan, ( Premier de New Brunswick)  Brian Gallant,  (Premier de Terra Nova e Labrador) Dwight Ball, (e o Premier de Nova Scotia) Stephen McNeil – anunciaram uma nova estratégia de crescimento destinado a estimular o desenvolvimento econômico, e aumentar as oportunidades de emprego na região.

O MP Scott Brison disse no mês passado que um novo conjunto de políticas seria lançado em breve, e destinado a atrair e manter mais imigrantes para a costa atlântica do Canadá, após ouvir de representantes provinciais que o governo federal “no passado” não tinha sido tão forte parceiro como deveria ser.   “A imigração é fundamental para impulsionar o crescimento da nossa economia”, disse ele. “Na parte Atlântica do Canadá nós temos uma terrível linha de tendência demográfica em termos de envelhecimento da população. E a melhor maneira de resolver isso é através da imigração”.  Brison sugeriu que é hora de espelhar-se no que Manitoba J tem feito através da imigração e às necessidades do mercado de trabalho. E também estamos na época em que a população em geral deve “banir” expressões como “vêm de fora” do nosso vocabulário, porque essa mentalidade única aprofunda o preconceito ou estigma contra aqueles que escolhem viver aqui.

Programa piloto de imigração por 3 anos

O plano inclui um projeto-piloto de imigração por três anos destinado a “enfrentar os desafios do mercado de trabalho na costa Atlantica do Canadá.”   O programa tem como objetivo atender às necessidades dos empregadores locais através de imigrantes qualificados, e esforços serão feitos para acelerar o credenciamento destes novos residentes. O Ministro Federal da Imigração, Refugiados e Cidadania John McCallum disse que ouviu em “alto e claro” bom som a mensagem que a parte atlântica do Canadá quer atrair mais imigrantes para a região.   O plano é de admitir até 2.000 novos imigrantes e suas famílias para a região em 2017. Esse número pode aumentar nos anos seguintes, dependendo do andamento do projeto.   “Assim, poderia ser admitidos algo em torno de 4.000 pessoas, e esse número está previsto a subir nos anos seguintes, dependendo de como irá se sair o programa”, disse John McCallum, o ministro federal da imigração.

Ele afirmou ainda que o componente principal de imigração será em grande parte impulsionado pelos governos provinciais e as suas necessidades específicas.   “Vamos estar aberto a uma variedade de classes de trabalhadores, e nós, iremos trabalhar com cada governo a desenvolver um plano específico para sua própria província com foco em profissões, regiões específicas e focadas em envolver as empresas, não só recrutar os imigrantes, mas tomar medidas para mantê-los aqui”.

the-four-atlantic-premiers-are-in-p-e-i-today.jpg

Investimento nos Residentes

Por enquanto o programa vai ser um projeto-piloto para a costa atlântica do Canadá, mas que  o mesmo poderá servir de modelo para o resto do país nos próximos anos. Quando perguntado o que está sendo feito para atrair as pessoas que deixaram as suas províncias para voltar a New Brunswick, o Premier Brian Gallant disse que atrair novas pessoas e repatriar os residentes faz parte do mesmo esforço.   MacLauchlan concordou.   “Eu realmente acredito que faremos de Prince Edward Island um lugar mais atraente em termos de repatriamento”, disse MacLauchlan.   O Premier de Terra Nova e Labrador, Dwight Ball disse que por enquanto o aumento da imigração é necessário, e isso não significa que os residentes existentes e que estão desempregados serão esquecidos.   “Terra Nova e Labrador sempre irá continuar a investir em nossos residentes que estão prontos e à procura de emprego. Vamos continuar a treinar aqueles que estão sub-qualificados e à procura de trabalho”, disse ele.  Ball também enfatizou que o plano de imigração é apenas um dos cinco pilares da nova estratégia de crescimento do Atlântico.

A primeira fase do plano deverá ser implementado até o final de 2016.

 

Fonte: CBC News
Leia mais em: http://mjconsultoria.com.br/governo-federal-anuncia-novo-programa-de-imigracao-para-a-costa-atlantica-do-canada/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: