1 mês de Canadá

Good morning!

São 6:30am e escrevo este post dentro do metrô enquanto vou para o trabalho, no dia em que completamos 1 mês em Toronto.

Na primeira semana nos encontramos com a angústia e a ansiedade de montar o básico da casa, tirar documentação, achar um banco para nossas contas, buscar um bom plano para celulares e internet. Essa primeira semana passa muito, muito rápido e o dinheiro começa a ir também muito, muito rápido!!

Na segunda semana estávamos um pouco mais tranquilas e conseguimos curtir o bairro, lavar roupa, explorar uns parques próximos, comprar coisinhas que faltaram (utensílios de cozinha e banheiro) e preparar o RESUME e a COVER LETTER para eu me aplicar para algumas vagas que surgiam.

Na terceira semana eu comecei a trabalhar full time e nos deparamos com a alegria do emprego e o cansaço físico de quem nunca tinha trabalhado em comércio, também foi a semana aonde descobrimos um erro na permissão de Student e que teremos de pedir a correção via Correio para Ottawa.

Na quarta semana foi a vez “dos meninos ” aparecerem com Giárdia e eu descobrir que apesar de ter trago mais de 500 reais em medicamentos para Pets, não trouxemos o Metronidazol porque acreditei que a vacina estaria os protegendo. Mudamos a comida, demos o Probiótico e o Chemital que trouxemos, e depois de cinco dias percebemos que realmente teríamos que levá-los ao Veterinário para obter o antibiótico canino.

Quinta semana, Agnes resolveu últimas coisinhas no College, os dogs conheceram uma nova veterinária e estão sendo medicados. Amanhã receberei meu primeiro salário canadense e estamos ansiosas para as aulas que começarão na próxima semana.

Ainda tem hora que nos perguntamos se estamos mesmo aqui. Tem horas que estamos cheias de confiança, ou que estamos super alegres, mas tem horas que bate a saudade e até nos questionamos algumas coisas. Nosso pior dia aqui foi o Dia dos Pais, em que choramos muito de saudade, talvez de nervoso, falamos com mtos amigos do Brasil e família, e doeu muita coisa!!

A vida está duas mil vezes mais leve de se viver e temos ainda, tempo uma pra outra. A casa está montada totalmente e aproveitamos nossa varanda em todo pôr do Sol. Conhecemos muitos brasileiros bacanas, que estão aqui de diversas formas diferentes e isso nos ajudou muito a quebrar preconceitos bobos que criamos na caminhada dos últimos 4 anos e, principalmente, moramos num condomínio de diversos imigrantes e eu trabalho com gente da China, Sirilanka, Líbano e Filipinas e isso me faz muito feliz diariamente.

Era isso que buscávamos! Nossas vidas em Brasília estava cheia de tédio além dos medos comuns entre brasileiros. Tínhamos bons salários e morávamos numa puta região da cidade, mas estávamos infelizes. Temos certeza de que escolhemos certo e esses desafios diários e essa vida agitada é o que nos permite sermos quem realmente somos e cheias de felicidade!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: